spetáculo circense é opção de férias em Alphaville

Diretamente de Maringá (PR), o shopping Tamboré apresenta as divertidas atrações do Circo Maximus. Com 15 anos de existência, o circo de Benhur de Jesus Vieira, 36 anos, produz espetáculo com duas horas de duração, envolvendo trapezistas, palhaços, contorcionistas, Globo da Morte com cinco motos e muito mais.

O circo começou com o nome de Mundo Mágico dos Pôneis e há oito anos passou a se chamar Circo Maximus. “Na época em que ainda eram permitidos animais no circo, o Benhur tinha pônei e por isso o nome”, explicou a gerente Aline Peixoto. Hoje, o Circo Maximus possui um contrato com a empresa BR Malls e há dois anos está em temporadas em shoppings. A trupe, com 60 funcionários – sendo que 35 são artistas – viaja pelas cidades do Brasil levando todo o material para a montagem do espaço por meio de carretas e trailers.

De família tradicional circense, Benhur sempre sonhou em ter o seu próprio circo. Ele explica que a arte é algo que está no sangue. “Eu sou de família tradicional circense. Eu nasci no circo. Venho de gerações, meus avôs são circenses. Meus filhos também. Vem do sangue. Nós falamos que o circo é tipo uma cachaça, nós não conseguimos largar.” Atualmente, Benhur é um dos artistas que faz o Globo da Morte e engana-se quem acredita que ele nunca se machucou. “Já sofri acidente. Eu tenho problema nas duas clavículas. Nós somos de circo, acontece.”

As famílias de Alphaville e região já descobriram o circo e levam suas crianças para curtir as apresentações. Aline explica que a girafa Dalila é a atração que mais chama a atenção da criançada. “É uma girafa de pano. Os palhaços Tico e Beijinho se vestem de girafa. No final, eles tiram a fantasia e mostram que são palhaços.”

Além dos palhaços Tico e Beijinho, o Piriquito também conquista gargalhadas da plateia. Interpretado pelo jovem Jodson Brito, de 20 anos, o artista faz uma apresentação muda, com a ajuda de um apito, e mexe com os espectadores de forma carinhosa e apaixonada.

Da Paraíba, Jodson, formado em artes cênicas, começou a sua carreira animando festas infantis. Em trajes coloridos e maquiagem marcante, o jovem palhaço está com o Circo Maximus há apenas dois meses. Brito explica que um palhaço não se torna palhaço, ele nasce. “A minha realização é ver o público sorrindo. Nada melhor.”

Programação do espetáculo

Contorcionista
Palhaço Beijinho
Homem Pássaro
acrobacias aéreas
Palhaço Tico
Cama elástica
Palhaço Piriquito
Mágico

Intervalo de 15 minutos
Trapezistas voadores
Girafa Dalila
Malabarismo
Número de elástico
Pêndulo espacial
Globo da Morte
Desfile final

Serviço:

Onde: Estacionamento do Shopping Tamboré
Endereço: Avenida Piracema
Quando: de seg. a sex., às 20h, e sáb. e dom., às 16h, 18h e 20h
Quanto: R$ 40 inteira. Camarote: R$ 400 p/ 4 pessoas. O circo ficará até o dia 23 de fevereiro




Deixe seu comentário